Anorgasmia e bolsa escrotal

Anorgasmia

Anorgasmia refere-se à incapacidade de uma mulher atingir o orgasmo. Algumas mulheres nunca foram capazes de atingir o orgasmo (anorgasmia primária) e outras não conseguem atingir o orgasmo, mesmo depois de já terem conseguido no passado (anorgasmia secundária). Algumas mulheres nunca foram capazes de atingir o orgasmo (anorgasmia primária) e outros não podem atingir o orgasmo depois de ser capaz de no passado (anorgasmia secundária). A anorgasmia também pode ser situacional. Por exemplo, algumas mulheres atingem o orgasmo apenas através de sexo oral ou masturbação.

Anorgasmia pode ser causada por uma série de questões:

. trauma sexual passado
. dificuldades de relacionamento
. depressão ou ansiedade
. uso de álcool ou drogas
. doenças atuais, como a diabetes ou a esclerose múltipla
. crenças culturais sobre sexo
. culpa sobre o prazer desfrutado no sexo
. inexperiência sexual, conhecimento inadequado do sexo

Em alguns casos, a estimulação genital é tudo o que é necessário para tratar da anorgasmia. Em outros, o tratamento pode envolver uma mudança de medicação ou tratamento de condições subjacentes.

Terapia sexual também pode ajudar. Através da terapia, as mulheres podem trabalhar através de seus sentimentos sobre sexo e aprender maneiras de se comunicarem com seu parceiro.

Aumento da Bolsa Escrotal

A bolsa escrotal faz parte do órgão reprodutor masculino, está situado abaixo do pênis. A “bolsa” escrotal (escroto) é composta de mais de dez camadas de músculos muito delicados, que se contraem e relaxam o tempo todo, dependendo da temperatura do corpo e das suas emoções. Os testículos localizados dentro do escroto, também se movem, independentes da bolsa, subindo e descendo. A maioria dos movimentos é para regular a temperatura dos testículos que deve ser menor que a do corpo entre (34º C).

Alguns homens não se sentem satisfeitos com a aparência de sua bolsa escrotal e buscam soluções que venham auxiliá-los. Para esse desconforto a Clínica Plenus oferece algumas alternativas.  A Bolsa Escrotal ou Saco Escrotal pode passar por procedimentos de aumento ou correção. Para um pequeno aumento pode ser feito o preenchimento desta região com o Metacril (PMMA) ou Ácido Hialurônico, tanto para correção de tamanho, quanto para oferecer uma melhor proporção em relação ao tamanho peniano. Este procedimento é feito com anestesia local, com uma pequena incisão é aplicada à quantidade indicada do produto escolhido.

Outra correção é a colocação de próteses nesta região. Neste caso trata-se de uma pequena cirurgia, com anestesia local, onde é implantada a prótese, que pode ser de gel de silicone, prótese de silicone macia, silicone maciço ou sólida.

O tempo de recuperação é de um ou dois dias.